Os BBs com atestado de qualidade

Vinho não serve apenas para celebrar ocasiões especiais, certo? Ao contrário, ele é parte do nosso dia a dia, um companheiro natural para a hora do jantar ou o almoço dos amigos. Uma taça de vinho, até os médicos concordam, é bom para a saúde do corpo e da alma. Mas a brincadeira pode ficar cara! E aí sempre tem quem pergunte: como os europeus fazem para beber bons vinhos baratos?

Independente das questões econômicas (não vamos entrar nelas neste post) existem alguns truques para comprar vinhos bons...e baratos!

Comprar em maior quantidade, por exemplo, é apostar no desconto do vendedor, e funciona. Comprar vinhos de regiões menos “glamurosas”, também costuma render boas surpresas, além de alguma economia. Vinhos da França, dos Estados Unidos, costumam chegar aqui já muito caros. Preferir os portugueses, os espanhóis é uma alternativa. Ficar de olho em uvas menos conhecidas e, portanto, menos populares ou menos renomadas, também pode ser uma ideia. Além de ampliar a experiência, afinal, por que só Malbecs ou Pinots Noirs? Experimente a Primitivo italiana, a Syrah, no Chile, a Tannat uruguaia, a Bonarda na Argentina, a Bobal da Espanha, que começam a chegar por aqui.

Mas a melhor forma de tomar um bom vinho com preço acessível e que não vai dar dor de cabeça no dia seguinte é procurar os chamados ‘vinhos de entrada’ dos grandes produtores. Comprar verticalmente é a melhor forma de economizar, mantendo a qualidade. Os melhores vinhos, dos produtores top, precisam de uvas selecionadas a partir de critérios rigorosíssimos e anos de envelhecimento em barris, apenas para começar a conversa.

E é cada vez mais comum que grandes produtores usem toda essa estrutura e sua expertise para produzir outros rótulos que, apesar de não terem as características especiais dos tops, são produzidos por quem sabe do assunto, com os mesmos recursos e cuidados e, mais do que tudo, o apoio de uma marca renomada e que preza a qualidade por trás. 

Selecionamos três vinhos da nossa adega para exemplificar:

A linha Portillo da Salentein: porta de entrada para os rótulos desenvolvidos pela tradicional vinícola argentina. São varietais jovens, que reúnem as particularidades de cada uva, as características peculiares do Vale do Uco e os processos tradicionais da vinícola pioneira na exploração do potencial de Mendoza para produzir vinhos com padrão internacional de qualidade. Um dos maiores enólogos do mundo, Jose (Pepe) Galante, é responsável pelos rótulos da Salentein.

A linha Trumpeter da Rutini: outra linha argentina que se beneficia do esforço de qualidade da “vinícola-mãe”. A Rutini existe há mais de 130 anos na Argentina. O fundador, um dos tantos visionários do mundo do vinho, era italiano e apostava que seria possível produzir vinhos excepcionais na América, no Vale do Uco. Seus vinhedos ficam no Tupungato, ao norte do vale. Mariano di Paola é o enólogo, e você já deve ter ouvido falar nos vinhos tops da vinícola, os Apartados, os Antologia e, em homenagem ao fundador, o Felipe Rutini, considerado por muitos críticos como um dos melhores vinhos da América do Sul.

Esteva da Casa Ferreirinha:  pois é, um vinho que é produzido pela mesma vinícola que produz o Barca Velha, não pode ser amadorístico, concorda? E, de fato, o Esteva é um vinho do Douro para o dia a dia, que consegue aliar qualidade e tradição com bom preço. Uma aposta mais do que segura!

Seu companheiro do dia a dia, pode ser mais barato e muito melhor do que você imagina! Confira na nossa adega alguns vinhos dos produtores mencionados acima: Salentein, Rutini e Casa Ferreirinha

 

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo. Sua vocação: procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços. Seus clientes recebem semanalmente uma newsletter com as melhores sugestões e promoções. Se também quiser receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email ao lado.
RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br