Boas perguntas para escolher o vinho que melhor harmoniza com seu pai

Dia dos Pais. Não importa que tipo de pai é o seu, se é maluco por cozinha, por livros, doido por uma poltrona com um controle remoto ou o celular acoplado, apaixonado por gadgets, ou do tipo incansável, bom de conversa ou quietão, não importa se ele já assistiu todas as lives da Casa do Saber ou da ESPN, ou se já viu todas as séries na TV. Não importa se ele é um pai que é mãe, uma mãe que é pai. Seu pai é único, especial, é o SEU pai, afinal! E pais que são pais de verdade, merecem um bom vinho. Por isso, nós pensamos em algumas perguntas (úteis) para ajudar você a escolher o vinho que vai combinar melhor com ele.

 

1.     Seu pai se aventura na cozinha? Adora testar receitas de chefs famosos, ainda que nem sempre dê certo? Ou prefere mesmo é fazer refeições tranquilas e comer em paz, embora nem sempre consiga?

2.     Quanto ele gosta de vinho? Sabe tudo, pesquisa, conhece, e, cá prá nós, fica horas e horas falando sobre isso? Ou é um curioso que adora novidades? Ou gosta de beber vinho, mas não faz questão de entender de vinhos? Ou só compra vinhos franceses e chega de conversa?

3.     Se ele fosse um super-herói, qual seria? Um Capitão América, old fashion, um lord, ou o Homem de Ferro, multimilionário, amante da tecnologia, ou o Hulk, cientista um pouco tenso, mas francamente, super-heróis, justo ele que odeia HQ?

4.     Para onde ele iria nas férias pós-pandemia? Mendoza? Puglia? Napa Valley? Qualquer lugar onde tem vinho? Ou para Nova Iorque, em busca de gadgets e arte contemporânea, que ninguém (nem ele) é de ferro! Ou, quem sabe para Roma, onde até as paredes contam história, mas nunca no verão?

5.     Quando ele compra vinho, na caixa vêm 6 garrafas do mesmo vinho favorito (há décadas) ou 6 garrafas de vinhos diferentes, sendo que duas delas são de regiões vinícolas que nunca ninguém nem ouviu falar?

6.     Ele curte recomendações ou descobre tudo sobre o próximo vinho que vai comprar navegando sozinho pelo site dos produtores? Tem um curador de vinhos ou ama assinar revistas especializadas?

7.     Para ele, tomar vinho é um ritual que harmoniza com uma boa música ou um livro ou é sempre o acompanhamento oficial de uma refeição caprichada ou, ainda, é o pretexto ideal para reunir a família ou os amigos?

8.     Seu pai coleciona: taças de vinho, livros sobre vinho, revistas sobre vinho, passagens para regiões vinícolas, saca-rolhas de todos os tipos, uma gaveta inteira só com souvenirs relacionados a vinho, dos mais legais aos mais bregas, passando por gravuras com todas as variedades de uva da Itália, ou as 10 vinícolas mais importantes do Napa Valley?

9.     Você vai jantar com ele e as palavras que mais ouve são: Borgonha, Bordeaux e (de vez em quando) Supertoscanos? Ou o jantar acaba sendo uma aula sobre a elegância dos Tokaji, os vinhos de Lavaux, as novidades do Vale do Bekaa, e os novíssimos produtores na milenar região da...Criméia?

Que tal, inspirou-se nas perguntas? A brincadeira era falar sobre alguns perfis de apreciadores de vinhos (fora a pergunta sobre os super heróis que era só brincadeira mesmo!).

Existem aqueles que curtem, não apenas apreciar vinhos, mas adoram informações sobre o tema. Para seu pai que adora tomar e conversar sobre vinho escolha algum rótulo premiado ou que tenha sido avaliado por sites de referência, como o da Jancis Robinson, da revista Decanter, o guia anual dos sul-americanos, Descorchados. E, claro, tente dar uma olhada no que colunistas incríveis, como Suzana Barelli, Jorge Lucki e Luiz Horta, por exemplo, estão comentando.

Existem também os “grandes bebedores de Bs” (Borgonha, Bordeaux, e os 5 Bs italianos: Barolo, Barbera, Barbaresco, Brunello e Bolgheri). Para seu pai que faz esse estilo, a escolha é mais fácil, embora, muito provavelmente, ainda mais cara. Prefira os clássicos: um Borgonha ou um Bordeaux.

No nosso jogo de perfis, incluímos também os curiosos, aqueles que adoram novidades e experimentações. Para seu pai curioso, vá em busca de ousadias, um rótulo bem recomendado de algum vinho da Nova Zelândia, da África do Sul, ou um natureba bem avaliado, um Tokaji húngaro, um espumante brasileiro daqueles difíceis de encontrar....

Mas se nada disso adiantou e você continua em dúvidas, leia mais sobre como escolher vinhos

7 detalhes que podem ser úteis quando você for comprar sua próxima garrafa de vinho

Dicas para ajudar você a escolher vinhos Bons e Baratos

Viajar pelos vinhos

 

 

 

 

 

 

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo. Sua vocação: procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços. Seus clientes recebem semanalmente uma newsletter com as melhores sugestões e promoções. Se também quiser receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email ao lado.
RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
+55 11 94116-4445
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br