O que diz o rótulo do vinho que está na sua mão?

Os rótulos de um vinho trazem informações importantes para quem quer apreciar a bebida. Mas às vezes as informações podem confundir. 
 
É bom ter em mente que a disposição destas informações nos rótulos muda de acordo com o país de origem dos vinhos. Portanto, como cada lugar tem suas particularidades, vamos por partes. Começando com os americanos.
 
As leis de rotulagem por lá são administradas pela TTB (sigla para Alcohol and Tobacco Tax and Trade Bureau), que é uma agência governamental responsável por estabelecer e monitorar impostos relacionados a bebidas alcoólicas. Ou seja: ao contrário de alguns lugares do mundo em que esse tipo de controle é feito regionalmente, nos Estados Unidos isso é feito em nível nacional.
 
Veja no infográfico abaixo como são os rótulos de vinhos americanos e quais informações aparecem neles:
 
 
NOME DO VINHO
 
É a marca do vinho, mas também pode ser o nome da vinícola ou do vinhedo. Geralmente aparece com grande destaque no rótulo.
 
SAFRA
 
É o ano em que as uvas foram colhidas. Não é uma informação obrigatória. Mas, quando aparece, indica que 95% das uvas utilizadas na fabricação do vinho foram colhidas naquele ano.
 
REGIÃO DE ORIGEM
 
Revela em qual área do território americano com regras específicas para produção de vinhos essa fabricação aconteceu. A denominação destas áreas que aparecem no rótulo é feita de acordo com o sistema chamado AVA (American Viticultural Area). Para isso, 85% das uvas utilizadas na fabricação do vinho devem ter sido cultivadas nesta região. Também é possível que apareça a expressão "County", que são regiões mais extensas em relação às AVAs. Neste caso, a regra é que 75% das uvas do vinho tenham sido colhidas neste lugar.
 
NOME DA UVA
 
Indica qual uva foi usada na produção do vinho. Caso seja um blend, todas os tipos de uvas utiilizadas devem aparecer no rótulo. 
 
GRADUAÇÃO ALCOÓLICA
 
Aparece em porcentagem no rótulo para indicar o teor de álcool do vinho. Quanto maior a concentração de álcool no vinho, mais maduras e mais doces as uvas utilizadas na fabricação.
 
ESTATE
 
É uma expressão que aparece para indicar que o vinho foi totalmente produzido dentro das instalações da vinícola, desde a colheita ao engarrafamento.
 
VARIETAL
 
A maior parte dos vinhos americanos são varietais e levam o nome da uva no rótulo. Blends são raros e nem sempre estão indicados. Para ser varietal um vinho precisa ser feito com 75% da uva. 
 
"CONTEM SULFITOS"
 
Essa frase aparece no rótulo, obviamente, para indicar que há sulfitos. São componentes que decorrem naturalmente do processo de fermentação. Mas também há sulfitos adicionados artificialmente após a fermentação e agem como conservantes.

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo. Sua vocação: procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços. Seus clientes recebem semanalmente uma newsletter com as melhores sugestões e promoções. Se também quiser receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email ao lado.
RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
+55 11 94116-4445
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br