O que é um vinho “fácil de beber”?

Complexidade é uma das palavras mais usadas para descrever um vinho. Complexos são os vinhos que envelhecem em madeira durante anos e vão se transformando, desenvolvendo aromas e sabores à medida que evoluem. A complexidade de um vinho é um dos seus atributos mais preciosos. Valoriza-se tanto essa capacidade que um vinho tem de guardar segredos, essa riqueza tantas vezes difícil de perceber e de sentir, que quando se fala em vinhos “fáceis de beber” muita gente pode achar que estamos falando de vinhos “menores” ou “menos sofisticados”. Engano!

A expressão em geral aplica-se aos tintos, mais do que aos brancos e rosés, embora alguns Chardonnays com muita madeira sejam tão ‘difíceis’ quanto qualquer tinto!

Para começar, um vinho fácil de beber é um vinho bem equilibrado. Os níveis de álcool, de açúcar e de acidez estão em perfeita harmonia, nada é excessivo ou se sobressai. No caso dos tintos, os taninos devem ser macios. Elegância e delicadeza são palavras que descrevem bem os vinhos fáceis.

Nem sempre o vinho que melhor vai fazer companhia para você é o mais potente, mais duro, mais alcoólico. Gentileza, às vezes, é tudo que a gente quer!


E por conta dessa delicadeza, eles também são vinhos que não brigam com a comida. São fáceis de harmonizar. Um Cabernet Sauvignon do Novo Mundo com seus potentes taninos e alto teor de álcool pode apagar qualquer prato. Quer melhor atributo para escolher o vinho que vai acompanhar seu almoço de Dia das Mães? (Veja aqui nosso guia de harmonizações)

Vinhos são vivos e, como tudo que é vivo, têm um ciclo. Por isso, outro aspecto a ser levado em conta ao descrever um vinho fácil é a idade. Hoje, muitos (bons) vinhos chegam ao consumidor prontos para beber. São vinhos jovens, que devem ser consumidos imediatamente ou em poucos anos. Os vinhos de guarda, ao contrário, precisam de um tempo na garrafa para amaciar os taninos e desenvolver todo seu potencial. Como você já deve ter deduzido, em geral, vinhos fáceis são vinhos mais novos que chegam ao apogeu do seu desenvolvimento em pouco tempo. (Leia mais sobre os vinhos de guarda)

Vinhos fáceis são bons companheiros para o dia a dia? Em muitos casos, sim. Justamente porque são versáteis com as comidas e leves o bastante para serem apreciados sozinhos.

Ou seja, existem vinhos que nos desafiam, outros que nos acolhem. Os vinhos fáceis pertencem a essa última categoria. Aprecie em grandes goles, sem medo!

 

Leia mais:

Minúsculo Dicionário de Palavras Fundamentais do Mundo do Vinho

Tudo sobre Cabernet Sauvignon

A marca registrada de Bordeaux, o corte bordalês

Vinhos de corte: o melhor de cada uva

Château Andriet e os Bordeaux Supérieurs

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo. Sua vocação: procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços. Seus clientes recebem semanalmente uma newsletter com as melhores sugestões e promoções. Se também quiser receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email ao lado.
RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br