Os rótulos do barão

Gostei desse exercício de harmonizar vinho com outras coisas, além de comidas.

E a primeira coisa que lembrei, ao tentar pensar em vinho combinando com arte, foram os rótulos do Château Mouton Rothschild.

Em 1924, o Baron Philippe Rothschild, que, além de ser descendente de uma ilustre e antiquíssima linhagem de banqueiros, também era poeta, escritor, dramaturgo e apaixonado por corridas de automóvel, teve a ideia de convidar um conhecido designer gráfico da época para 'reformar' a imagem bem caretinha que ilustrava o rótulo do Château Mouton Rothschild. Ele tinha uns 20 anos, na época, e essa 'revolução gráfica' seria apenas uma das muitas que se tornariam sua marca registrada no mundo do vinho.

Jean Carlu, um francês, também muito jovem, cuja fama vinha dos pôsteres que desenvolvia para campanhas publicitárias, aceitou a tarefa e criou o rótulo cubista que ilustrou a garrafa da safra daquele ano. A tradição de convidar sempre um artista para criar o 'rótulo de arte' do Mouton Rothschild do ano começaria prá valer apenas em 1945, depois da Segunda Guerra Mundial, mas o início foi ali, em 1924. Um rótulo cubista em um vinho mais do tradicional!

Muitos outros produtores copiaram a ideia do Barão desde então, mas a coleção de artistas do Mouton Rothschild é imbatível!

O rótulo mais recente, da safra de 2013, foi feito pelo artista minimalista coreano, radicado no Japão e tratado como sumidade por lá, Lee Ufan.

Em 2009, foi a vez do indiano, Anish Kapoor, que já trouxe para o Brasil suas instalações monumentais.

Em 2004, deve ter havido um engano: o artista convidado foi Sua Alteza Real, o Príncipe Charles, da Inglaterra. Calma, tem uma razão: o objetivo era celebrar o 100º. Aniversário da Entente Cordial, o acordo que França e Inglaterra concluíram em 1904 que os tornaria amigos para sempre, e aliados em todas as guerras que viriam. Mas, de fato, é uma das aquarelas do príncipe que ilustra o rótulo. Modesto, Charles fez questão de deixar registrado que o convite havia sido feito por conta da celebração e não em função dos seus dotes artísticos.

Outra boa historinha sobre os rótulos do barão é a do Balthus. O artista francês era famoso pelos seus desenhos de mulheres jovens em poses mais ou menos eróticas. Foi convidado para fazer o rótulo de 1993. E fez. O governo americano parece que reclamou da nudez da moça. A Baronesa Philippine de Rothschild, filha do barão, não teve dúvidas: mandou as garrafas para os EUA com o rótulo em branco. “Se não é Balthus", ela teria dito, “não é ninguém e tant pis ('tanto pior', em francês) para os americanos".

De 1969 a 1975 é um 'dream team', veja só:

Joan Miró, em 1969

Marc Chagall, em 1970

Wassily Kandinsky, em 1971

Picasso, em 1973

Andy Warhol, em 1975

Para mim, a melhor safra recente de Château Mouton Rothschild é a de 1982. Quem fez o rótulo? John Huston, ator e diretor de cinema americano, que era pintor nas horas vagas. (Caçava raposas também e lutava box, aprendo, ao ler sobre sua vida.) No rótulo, uma aquarela, cheia de cor, mostrando Dioniso, o deus do vinho, em forma de carneiro (ou vice-versa?) dançando do lado de um cacho de uvas...

E uma última curiosidade: dizem que os artistas eram pagos em garrafas.

E passando por Pauillac, lembre que em 1962, foi criado no castelo um Museu do Vinho na Arte, que além de uma bela coleção de peças de arte com o tema vinho ou uvas, também guarda o original de cada rótulo.

Viajar por esses rótulos (claro, experimentar cada safra seria o ideal!) é ou não uma aulinha de arte?

Navegue pela nossa adega e descubra outros rótulos dos Rotshchild, como o LES GRANGES DES DOMAINES ROTHSCHILD 2013, além de Bordeaux Supérieurs, como o CHÂTEAU PEY LA TOUR RÉSERVE BORDEAUX SUPÉRIEUR e CHÂTEAU ANDRIET. Dá uma passada por lá!

 

Quer saber quem é o artista da nova safra de 2015? Confira no blog!

Sobre RBG Vinhos

A RBG Vinhos foi fundada em 1998, em São Paulo. Sua vocação: procurar continuamente oportunidades no mundo do vinho, buscando sempre aliar qualidade e bons preços. Seus clientes recebem semanalmente uma newsletter com as melhores sugestões e promoções. Se também quiser receber as recomendações de Ricardo Bohn Gonçalves, cadastre seu email ao lado.
RECEBA NOSSA NEWSLETTER


Se beber, não dirija. Aprecie com moderação.
A venda de bebidas alcoólicas é proibida para menores de 18 anos.

+55 11 3676-1781
+55 11 94116-4445
rbgvinhos@rbgvinhos.com.br